top of page

Linca Fibra | 5 dicas para você navegar na internet de forma segura

Trabalhar de forma segura é a melhor forma de evitar dores de cabeça futuras. A internet é um grande passatempo e uma grande fonte de renda para todos que possuem acesso.




1. Use senhas diferentes para cada conta e altere-as depois de um tempo

A primeira tentativa dos hackers para realizar crimes cibernéticos é “quebrar” senhas através de programas ou “à força” (chutando uma série de senhas prováveis e óbvias). A dica é simples, clara e objetiva: sempre use senhas e diferentes para cada conta, pois caso uma senha vaze, as outras plataformas estão seguras.

Siga o nível de segurança da senha que os aplicativos mostram a você durante o cadastro. Isso ajuda muito na hora de criar a sua da maneira mais adequada!



2. Faça compras em sites seguros (https)

Sempre verifique se os sites dos quais você está adquirindo algum produto ou serviço são seguros e se, de fato, são originais. Sites seguros começam com https:// e geralmente os navegadores apresentam um cadeado ao lado do link, atestando que a navegação é segura naquele link. E mais o certificado SQL.

Atualmente, diversas empresas são alvos de ações criminosas de geração de links falsos (Americanas, Submarino, Casas Bahia, Amazon, entre outras). Verifique sempre o site oficial da empresa mencionada na mensagem antes de clicar no link e realizar alguma ação de cadastramento ou compra.



3. Cuidado com emails e sites maliciosos

Muitas mensagens de spam e links maliciosos são utilizados para chamar a sua atenção e fazer com que você acesse aquele conteúdo para, assim, ter acesso aos seus dados. Por isso, não abra e-mails suspeitos. Se você estranha o remetente ou assunto da mensagem parece irreal, isso pode ser um click bait para uma ação criminosa.

Lembre-se que bancos não pedem senha por e-mail ou mensagens, muito menos que você confirme dados ou envie seus documentos.


4. Atenção ao utilizar redes e computadores compartilhados

Dê preferência para acessar sites com suas informações pessoais (redes sociais, internet banking, serviços de streaming ou lojas online) em seu próprio computador pessoal.

Se utilizar computadores compartilhados (seja em escritórios, coworkings, lan houses, etc.), nunca selecione a opção “guardar senha” e lembre-se de deslogar da conta ao encerrar suas atividades. Se possível, também exclua o perfil do navegador que você utilizou, garantindo a sua segurança contra hackers.




5. Não faça downloads de jogos/softwares piratas

Tanto jogos como softwares piratas podem conter vírus expondo o seu o computador a ameaças externas. Nem sempre softwares crackeados se limitam a driblar o licenciamento de pagamento. Como o crack na maioria das vezes requer a interrupção de novas atualizações, o software fica sem atualizações de segurança, se tornando uma potencial porta de entrada para criminosos acessarem seus dados pessoais.


Além disso, atualizar o antivírus é sempre bom! Mantenha seu computador e celular com o antivírus sempre atualizado. Eles oferecem uma proteção maior contra links fraudulentos e alguns até sinalizam ao usuário sobre ameaças.


8 visualizações0 comentário
bottom of page